sexta-feira, 29 de julho de 2011

Artes Marciais X Fitness de Combate

Vamos por partes como diria o Wolverine, comecei a praticar artes marciais com 8 anos de idade. A primeira luta que pratiquei foi Judô, modalidade que pratiquei por 2 anos chegando a faixa amarela. Com 12 pratiquei Karatê Goju Ryu mas foi por apenas 1 ano. Aos 16 pratiquei Tae Kwon Do chegando a faixa azul após 3 anos tive algum contato com o Hapkidô nessa época. Aos 18 pratiquei Kickboxing mas foi por apenas 1 ano. Aos 23 pratiquei Judô novamente e Capoeira na faculdade mas as duas foram praticadas por apenas 1 ano também, tive algum contato com o Jiu Jitsu nessa época. Saindo da faculdade conheci as aulas de Tae Bo, Cardio Kickboxing e Fit Boxe, me tornei professor de Body Combat, criei a minha versão dessa aula o Budô Fit e depois me tornei professor de Kimax.

A primeira vez que ministrei uma aula de Budô Fit foi em uma academia que tinha algumas aulas de artes marciais no cardápio como Tae Kwon Do, Capoeira e Jiu jitsu. As poucas mulheres que faziam essas lutas aderiram a minha aula e algumas chegaram a abandonar as aulas de artes marciais. Nem preciso dizer que os professores de artes marciais me olharam atravessado e alguns não olham na minha cara até hoje. A velocidade da popularização das aulas de Fitness de combate foi muito rápida e a maioria dos professores de artes marciais de todo Brasil começaram a meter o pau nas aulas de Body Combat alegando falta de técnica, falta de respeito com a filosofia da luta e outros motivos.
Como diria aquele dito popular ''se não pode vencê-los, junte-se a eles'', as artes marciais passaram a tentar vender o mesmo produto vendido pelas aulas de fitness de combate o corpo perfeito. Essa mudança de foco além de outros motivos gerou um conflito pois o CREF, Conselho Regional de Educação Física entendeu que os professores de artes marciais precisavam ser professores de Educação Física. Após uma batalha juridica de anos ficou decidido por enquanto que as Confederações de artes marciais são responsáveis pelos professores de artes marciais filiados a elas. Até onde eu sei existem professores de educação física trabalhando nessas confederações orientando os professores de artes marciais filiados em workshops. Fica a seguinte dúvida, quantos professores de artes marciais filiados a essas confederações fazem esses workshops?
Atenção praticantes de artes marciais! Será que o seu professor é filiado a confederação de luta que ele ministra aula? Será que ele participa dos workshops ministrados na confederação? Será que ele aplica esses conhecimentos? Se ele for professor de educação física tudo bem mas se não for tenha cuidado. Naõ gosto de dedurar ninguém mas ouvi recentemente de uma aluna que fez uma aula de Muay Thai em uma certa academia a seguinte frase de um professor ''na minha aula o aluno tem que passar mal mesmo'', ''vomitar é normal em um treino de Muay Thai''. Prefiro não comentar mas não concordo com esse pensamento.
Sobre o Fitness de Combate é importante dizer que também existem professores de educação física que não estão preparados para dar esse tipo de aula. Tem professores que nunca fizeram um treinamento, um workshop e nunca praticaram uma arte marcial e mesmo assim se atrevem a dar esse tipo de aula apenas porque conseguiram um vídeo. É preciso seriedade. Fica dado o recado para os professores de Fitness de Combate, atualização sempre. Para os professores de artes marciais fica outro ''estudem''. Para os alunos que praticam artes marciais ''apenas'' porque querem ficar com um corpo bonito esse objetivo não é a essência da aula, o objetivo de uma arte marcial é formar lutadores mesmo que estes não sejam atletas profissionais ou não participem de competições, nunca se esqueçam disso. Para os praticantes de Fitness de Combate o objetivo é a busca do corpo perfeito através da ''diversão''. As aulas de Body Combat, Budô Fit, Kimax etc não querem formar lutadores e sim guerreiros e guerreiras, se você consegue enfrentar e resistir até o fim a intensidade de um treino forte você irá adquirindo aos poucos mais autoconfiança e perseverança para enfrentar as dificuldades da vida. Recado aos alunos. Se tiverem que escolher entre uma arte marcial ou Fitness de combate façam a escolha pelo motivo certo, se é para ficar com corpo bonito façam Fitness de Combate se é para aprender a lutar façam uma arte marcial

Um comentário:

  1. A mais pura verdade quero fazer um curso e treinamento em boxe!!!!!

    ResponderExcluir